sábado, setembro 15, 2007

# 004

"
(...)
Eu não queria ser doutor, eu só queria ser fraseador. Meu irmão insistiu: Mas se fraseador não bota mantimento em casa, nós temos que botar uma enxada na mão desse menino pra ele deixar de variar. A mãe baixou a cabeça um pouco mais. O pai continuou meio vago. Mas não botou enxada.
"

Manoel de Barros
em Memórias Inventadas

Um comentário:

Roney Freitas disse...

... agradeço aos meus.