segunda-feira, setembro 17, 2007

# 006

- Qual o nome dela?
- Não sei ainda...
- ...que tal Nina?
Miudinha, ronronava no peito com coração acelerado
- Pergunta pra ela...
- Miouuuu! - num bocejo de quem acaba de mamar.
A miúda seguiu com ela no colo, pensando se tinha gostado do nome. Sentou na rede e começou a balançar. No gancho, o metal rangia, num movimento de vai-e-vém: "Miou-Niná, Miou-Niná, Miou-Niná...". Parou no meio ao perceber o som. No silêncio, disse pra ela:
- Já sei! É Miounina!

2 comentários:

Anônimo disse...

... pior que descobrimos (depois),
que a fêmea era macho...

Roney Freitas disse...

...pouco depois de entender seu sexo, voltou pra indefinição da terra, sem deixar filhos. A menina chorou(...mas na segunda, quando voltou do recreio e viu o recado bonito na carteira, esqueceu a tristeza).