sábado, janeiro 05, 2008

# 019

Enxergava chuva fina antes de cair.
Hoje olho pro chão pra ver se está chovendo.
Não vejo a hora de vencer grade de vidro
e sair à rua pra sentir seu cheiro, molhar o corpo.
Meus olhos ganharam nuvens sem sentido,
mas que refresco ver os sentidos ganharem chuva!

2 comentários:

Amanda disse...

Que achado! Lindo blog.

No fim das contas só os versos fazem realmente sentido, criados ou catados (sempre muito mais catados)...

Beijo!

Roney Freitas disse...

Amandita, é você?

;^)

Que bom que gostou!
...e o teu? Não ia começar um?

Bjo!