sábado, agosto 13, 2011

# 078

'...releu o parágrafo sozinha, cada vez mais, não sabia fugir da condição. E já tão impregnada a solidão nas células que se parassem para perceber seu corpo se desintegraria.'

- parou nesse trecho e tomou um gole do chá,
não conseguiu engolir direito. 
Muito frio.
...

Um comentário:

Roney Freitas disse...

sensação pós MELANCHOLIA